SER Glass é primeira fabricante de vidros blindados automotivos certificada por encaminhamento de resíduos

O Cadri, certificado da CETESB que aprova o encaminhamento de resíduos de forma correta, foi obtivo pela SER Glass em maio de 2016. A empresa agora se prepara para a certificação ambiental ISO 14000.

A SER Glass, uma das principais fabricantes de vidros blindados automotivos no Brasil, obteve em maio deste ano o Certificado de Aprovação para Destinação de Resíduos Industriais (CADRI), que é um documento concedido pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB) dentro do estado de São Paulo aprovando o correto encaminhamento de resíduos industriais para locais autorizados de reprocessamento, armazenamento, tratamento ou disposição final. A fabricante de vidros blindados automotivos é a primeira do setor a obter esse tipo de certificação no Brasil.

03
Após o corte dos vidros, todo o descarte é controlado e enviado para empresas de reciclagem credenciadas. 

Benedito Curto, sócio-diretor da SER Glass, explica que o controle dos resíduos faz parte do investimento na qualidade dos produtos e no compromisso com o meio ambiente. “Nós já encaminhamos corretamente 100% do material que pode ser reciclado dentro da produção. É mais uma forma de ver o mercado profissionalmente nos padrões de montadora. O próximo passo é a certificação ambiental ISO 14000, que começamos a implantar agora em junho”, coloca Curto.

Além do descarte adequado de resíduos, toda a água utilizada no processo de produção é reutilizada após tratamento, evitando o desperdício. Os restos de vidro, principal matéria prima da empresa, também tem destinação adequada para locais de reciclagem.

14
A diatomita, espécie de talco utilizado no processo de curvatura dos vidros, é controlado e descartado de acordo com as normas da CETESB. 

“Até o fim do ano, também queremos estar certificados com a ISO 9000, que estabelece um modelo de gestão da qualidade de toda a fábrica”, coloca Benedito Curto. “Nosso norte de trabalho sempre foi a seriedade, a ética e o respeito ao consumidor”, diz o empresário, revelando os fundamentos que deram origem ao nome de sua empresa.

Anúncios

Vidros blindados delaminados deixam passageiros expostos e sem proteção

Uso de compostos ultrapassados causa delaminação do vidro e tira a proteção dos ocupantes do veículo, mas mercado de blindagem automotiva já oferece produtos que não sofrem esse tipo de processo, mantendo a segurança dos usuários por anos

 A blindagem automotiva é um item de segurança que ainda gera muitas dúvidas nos consumidores, principalmente sobre a confiabilidade dos produtos empregados e a garantia contra a delaminação do vidro. A maioria dos fabricantes, após dois ou três anos, não assegura mais a resistência dos seus materiais, deixando os usuários expostos. Para solucionar esse tipo de problema, o mercado já disponibiliza vidros blindados com novas tecnologias que não delaminam, dando segurança ao usuário por anos.

vidros-blindados-novos-e-semi-novos-consulte-estoque-15738-MLB20107638418_062014-F
Vidro delaminado não oferece proteção aos ocupantes do veículo

Benedito Curto, técnico com 30 anos de experiência no setor de blindagem automotiva, explica que a delaminação ocorre quando há o descolamento das lâminas de policarbonado unidas ao vidro, partes que constituem o pacote balístico de alguns fabricantes. “Como são materiais que possuem propriedades físicas diferentes, estas partes sofrem diferentes reações com o uso diário. Por isso, em muitos casos, o policarbonato se solta e cria bolhas, tirando totalmente a resistência balística do composto”, alerta o especialista. Segundo Curto, é comum ver carros com vidros delaminados nas ruas. Ele afirma que a solução é procurar fabricantes que usam novos compostos e garantia extensa, assegurando uma durabilidade maior desse componente de segurança. “Alguns fabricantes no mercado já possuem tecnologia que não delamina, dando até 10 anos de garantia. Isso sana completamente o problema”, coloca.

“É como comparar uma TV de tubo e uma de LED, a evolução é inevitável”, diz João Santana, proprietário da Piquet Blindagens, de Porto Alegre (RS), comparando o uso do policarbonato e os novos compostos empregados na blindagem de vidros. “Novos fabricantes, que investem em tecnologia e composição superior, já descartaram o uso desse composto, que causa muita distorção com o tempo. Recomendamos marcas que usam F4 ou BJC na composição, oferecendo maior resistência e translucidez durante anos”, coloca o empresário, com cerca de 1.200 veículos já blindados em seu pátio.

Cuidado com a autoclavagem

Algumas empresas oferecem a autoclavagem do vidro blindado delaminado, um processo de reprocessamento em que as camadas voltam a se unir por forças de pressão e temperatura, desaparecendo as bolhas e minimizando os defeitos óticos. “É um processo muito perigoso, onde os polímeros (plásticos) utilizados na fabricação original já sofreram desgaste ao longo do tempo e perderam suas propriedades mecânicas. Além disso, estamos falando em retificar um item de segurança que não pode falhar. Eu sempre faço um paralelo com uma fita adesiva: depois que você cola em algum lugar, se descolar e quiser usar de novo, não fica a mesma coisa, não é mesmo? Imagine isso num produto que deve proteger vidas.”, pondera Curto.

DSC_0119
Processo de autoclavagem do vidro (sob pressão e temperatura) tira a translucidez e não garante 100% de eficácia.

Santana explica que a autoclavagem diminui o nível balístico, além de piorar a visibilidade do motorista. “Em parabrisas, por exemplo, esse processo causa uma distorção de 90%”, afirma.

O vidro blindado é um produto controlado pelo Exército Brasileiro e, para manuseá-lo, a empresa precisa ser credenciada pelo órgão. É importante exigir o Certificado de Registro (CR) da instaladora e, em caso de troca do componente, o Relatório Técnico Experimental (Retex) afirmando que o vidro teve sua composição aprovada pelo Exército.

É interessante ressaltar que um veículo blindado usado ou novo deve ter suas garantias ativas e vigentes. Esta informação pode ser confirmada na blindadora ou no fabricante dos vidros blindados. Em posse destes documentos e certificados atualizados, o usuário pode ter a certeza que está realmente protegido.

Conheça a SER Glass, uma história de pioneirismo e alta tecnologia em blindagem automotiva

No mercado desde 2005, a SER Glass investe em novos produtos, mais leves, seguros e de tecnologia superior, oferecendo 10 anos de garantia aos seus clientes

A SER Glass é uma das principais fabricantes de vidros blindados do Brasil e líderes de vendas do segmento, com 25% do mercado. Referência no setor, foi a primeira empresa do País a oferecer 10 anos de garantia em vidros blindados automotivos. Hoje atua com três linhas de produto, os vidros Eternity e Infinity e o composto balístico UDura, para as partes opacas do veículo. Sua atual planta tem capacidade para produzir 600 kits de blindagem por mês. A fórmula para o sucesso de vendas vem da qualidade dos vidros blindados SER Glass, que além da durabilidade, trazem uma translucidez maior e grau de distorção muito baixo, dando aos condutores melhor visibilidade ao dirigir.

Atuando no mercado de blindagem automotiva desde 2005, a SER Glass surgiu da parceria entre profissionais que traziam décadas de experiência no mercado e que buscavam inovação dentro do setor. A primeira fábrica foi aberta em 2009, na cidade de Diadema (SP), com uma nova proposta no mercado, que consistia em implementar uma tecnologia que traria pela primeira vez ao mercado um produto de qualidade com durabilidade de 10 anos. Nascia assim o primeiro produto pioneiro da SER Glass, o vidro blindado Eternity.

12
Máquina israelense Dip-Tech, referência em impressão digital em vidros com tinta cerâmica, é um dos diferenciais da SER Glass.

Para Fábio Santos, sócio-diretor da SER Glass, o sucesso ao longo dos anos vem da dedicação, das ideias inovadoras e da experiência que ele e sua equipe acumulam. “Começamos pequenos, mas aos poucos o mercado foi entendendo e confiando nos nossos produtos. As blindadoras ficaram impressionadas com a qualidade dos vidros que fabricamos e crescemos rapidamente, oferecendo uma garantia três vezes maior que o mercado praticava”, afirma.

Em 2010, com o aumento da sua produção, a SER Glass passou a ocupar uma fábrica maior, com 11 mil metros quadrados, na cidade de São Bernardo do Campo (SP). Pela qualidade dos seus produtos, rapidamente alcançou a liderança do mercado brasileiro de vidros blindados – hoje, um em cada quatro carros blindados no Brasil possui a tecnologia SER Glass.

16
Cuidado em todos os processos e criteriosa escolha de matéria prima são diretrizes de SER Glass

Ao longo dos anos, a busca por um melhor desempenho fez surgir um novo produto, o Infinity. Um vidro blindado para o segmento premium até 20% mais leve que seus concorrentes, também com 10 anos de garantia e a melhor transparência do mercado. “O Infinity é um vidro mais fino, mais leve e para um segmento de luxo. Porém, mantém o mesmo padrão de resistência do Eternity, aliado com a maior garantia do mercado e tecnologia de ponta”, explica Santos.

Os vidros SER Glass possuem certificação em empresas e órgãos competentes e respeitados nacional e internacionalmente, como o Exército Brasileiro, a gigante suíça SGS, líder mundial em testes e certificação, e a norte-americana HP White, maior laboratório de balística do mundo. “A qualidade dos nossos vidros é o resultado dessa devoção ao que fazemos. E agora entramos no desenvolvimento de blindagem da parte opaca, com técnicas que dão mais segurança e leveza aos veículos”, explica Fábio.

03
Máquina italiana de precisão em corte de vidros dá mais qualidade aos produtos SER Glass

Em maio de 2015, a SER Glass lançou outro produto pioneiro e também com 10 anos de garantia, o UDura, um composto balístico de aramida com tecnologia unidirecional exclusiva e patenteada para blindagem da carroceria dos carros – a chamada ‘parte opaca’.  Mais resistente que seus concorrentes, 20% mais leve que as mantas de aramida convencionais e 80% mais leve que o aço inox, o UDura também possui um encaixe perfeito na carroceria do veículo, sem a necessidade de placas de aço em partes do revestimento, o que melhora a dirigibilidade, minimiza os desgastes nos sistemas de freios, suspensão e ruídos internos do veículo.

“Gosto de dizer que temos uma fábrica de novas ideias e produtos, e o UDura é um reflexo disso. Viemos para revolucionar o mercado”, diz Santos.

DSC_0042
Aplicação do composto unidirecional UDura, mais leve e resistente que seus concorrentes

Atuando em todo o País com 85 blindadoras parceiras, a SER Glass também prioriza o atendimento no pós-venda e coleciona bons resultados: não possui nenhuma reclamação nos órgãos de defesa do consumidor. O sistema personalizado de diálogo e a constante busca pela melhoria fizeram da SER Glass uma das maiores empresas de blindagem do Brasil. “Nosso norte de trabalho sempre foi a seriedade, a ética e o respeito ao consumidor”, finaliza Fábio Santos, revelando os fundamentos que deram origem ao nome de sua empresa.

Fortaleza é o segundo maior mercado de blindagem automotiva do Brasil

Violência crescente no estado é um dos principais reflexos do aumento na procura por proteção automotiva. De acordo com fabricantes nacionais de blindagem e empresas especializadas no setor, capital cearense está atrás somente de São Paulo.

O aumento do número de assaltos e a sensação de insegurança fazem a população investir em proteção pessoal, como a blindagem automotiva. Em Fortaleza, a procura pelo segmento aumentou 150% nos últimos quatro anos, de acordo com empresas especializadas da cidade. Estima-se que a capital cearense blinde 150 novos carros por mês, ocupando o segundo lugar no ranking nacional do segmento e ficando atrás apenas da cidade de São Paulo.

Para blindadores do Ceará, a crescente procura por esse tipo de proteção é reflexo da violência em todo o estado. De acordo com o último levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, realizado em outubro de 2015, Fortaleza é a capital brasileira com o maior número de crimes violentos, 77,3 para cada 100 mil habitantes. Em todo o estado, foram 20.740 homicídios nos últimos sete anos.  Segundo o último estudo realizado pelo Mapa da Violência, o número de mortes por armas de fogo no Ceará quadruplicou entre 2002 e 2012, subindo de 815 (2002) para 3.161 (2012), num total de 16.675 no acumulado dos anos. O estado perde apenas para o Maranhão.

pg 53 mapa da violencia-page-001

“Nos últimos três anos, a blindagem aumentou muito no estado. Mesmo com a crise econômica, Fortaleza fechou 2015 com dois mil novos carros blindados na cidade”, explica Rosalvo Carneiro, diretor da Locker Blindagens. Carneiro ressalta também a profissionalização do mercado, que investiu em qualificação de mão de obra. “Hoje a estrutura melhorou tanto na capacidade técnica das empresas, quanto na qualidade dos funcionários que instalam os produtos”, finaliza.

Também houve uma mudança no público que procura esse tipo de produto. Para Eduardo de Mendonça, diretor da DUO Blindagens, a classe média é o grande consumidor do mercado atualmente. “Muitas pessoas deixam de trocar o carro para investir em blindagem”, coloca. Mendonça afirma ainda que em 2015 a crise econômica fez cair um pouco as vendas em Fortaleza, cerca de 20% com relação a 2014. “Esperamos este ano recuperar essas vendas”, avalia o empresário.

Para Fábio Santos, sócio-diretor da SER Glass, líder em vidros blindados para automóveis no Brasil, as pessoas estão priorizando a segurança em detrimento de itens antes mais cobiçados, como opcionais de luxo. “O Brasil lidera o ranking mundial de blindagem automotiva, com cerca de 20 mil carros em 2015 e previsão de aumento para este ano. Pelos altos índices de violência urbana, as pessoas preferem ter a tranquilidade de colocar suas famílias dentro de um ambiente seguro, às vezes comprando um carro com um valor menor para poder investir em blindagem. Ninguém quer parar no sinal a noite e se sentir com medo”, explica.

IMG_2203
Carro com vidros Eternity, da fabricante SER Glass, aprovado após testes com disparos de calibre 44 Magnum (nível III-A).

Com o avanço da área, novas tecnologias são lançadas para dar conforto aos ocupantes do veículo. Hoje, o mercado conta com vidros blindados com 10 anos de garantia, mantas de proteção que reduzem consideravelmente o peso dos veículos e, consequentemente, diminuem o desgaste do motor e das peças, dando mais vida útil aos carros.

“O aumento da procura por blindagem automotiva também fez com que a concorrência aumentasse. Com o mercado mais acirrado, procuramos inovar e trazer novas tecnologias para garantir mais segurança e conforto aos passageiros. O mercado brasileiro de blindagem automotiva hoje é referência para o mundo”, afirma o diretor da SER Glass.